Participe!

terça-feira, 30 de março de 2010

Habilidades necessárias para a elaboração de um plano de aula

Produzir planos de aula é uma ação que se aprende na prática, tendo como base o estudo de referências teóricas sobre o tema, a troca de informações com pessoas que lidam bem com a construção deste documento, a pesquisa e a apreciação de modelos de planos. Além disso, demanda a mobilização de habilidades, tais como:

1. Conhecimento da realidade escolar e do grupo para o qual será planejada a aula
A sala de aula é parte da escola e a escola está inserida numa comunidade. Os conteúdos a serem trabalhados na escola podem/devem ser organizados no intuito de favorecer a reflexão sobre os desafios da comunidade local, visando colaborar com a superação destes por meio do desenvolvimento de conhecimentos e atitudes propositivas e transformadoras. O educador, então, precisa conhecer bem a comunidade, problematizar junto aos estudantes seus desafios e propor formas que construção de conhecimento que permitam a superação destes. Além disso, cabe ao educador conhecer os estudantes, seus sonhos, suas idéias, habilidades e atitutes, suas condições para aprender e suas necessidades. Enfim, precisa considerar tudo isso no momento que estiver planejando aulas.


2. Conhecimento da proposta político-pedagógica da escola
De acordo com Aprende Brasil (2008), "(...) o plano de aula se articula com o planejamento que, por sua vez, se baseia na proposta pedagógica da escola (...)". Nesse sentido, podemos compreender o desenvolvimento plano de aula como principal ação para realização dos objetivos traçados no Projeto Político-Pedagógico - PPP. Para isso, é preciso que os educadores tenham acesso ao PPP e se apropriem do mesmo.

3. Compreensão da temática que se pretende trabalhar
Para favorecer a aprendizagem é indispensável que o educador tenha pelo menos domínio básico do que pretende fazer conhecer, isto é, da temática a ser realizada com os estudantes. Aliás, o desenvolvimento da proposta de ensino/aula poderá ser uma excelente oportunidade para aprofundamento e aperfeiçoamento docente.

4. Desenvoltura metodológica
Aliado à compreensão da temática, é importante que o educador saiba como criar situações de aprendizagem, adotando procedimentos que facilitem o acesso à informação e a (re)construção [1] de conhecimentos. Numa abordagem contemporânea, o empenho para conhecer caminha na perspectiva do saber  pensar [2], adotando a pesquisa como príncípio e caminho para a aprendizagem. Aqui estudantes e educador formam uma comunidade do conhecimento na qual são apresentadas as temáticas, apontadas as questões de pesquisa/problemáticas, estabelecidos os objetivos, escolhidos os procedimentos para coleta, análise e interpretação de dados e definidas as formas de registro e divulgação do conhecimento.

5. Noção de estrutura de plano de aula e de como sistematizar cada um de seus elementos
Há vários modelos de plano de aula: detalhados ou resumidos, compostos por diversas disposições gráficas e elementos.
Os planos de aula detalhados oferecem, além da estrutura básica de um projeto, elementos que o enriquecem como descrição das atividades a serem desenvolvidas encontro por encontro, subsidios a serem utilizados durante as aulas, indicações de leitura para aprofundamento do tema e endereços de sites.
Alguns planos vêm organizados em tabelas, dispostas em formato paisagem ou retrato ou em tópicos organizados de maneira sequencial, em formato retrato.
Quanto aos elementos há aqueles que são indispensáveis relacionar no registro escrito: identificação (Escola, série, disciplina, período, nome do educador, unidade de contéudo a ser trabalhada/temática); objetivos (Geral e específicos); metodologia; recursos; estratégias de avaliação; referências. Por meio deles podemos relacionar o que desejamos realizar em termos de aprendizagem e o que será adotado para atingir o estabelecido.
Mas nos perguntamos: será que sabemos elaborar com facilidade objetivos gerais e específicos? Há critérios para isso? Temos conhecimento de apropriadas posssibilidades metodológicas que permitam a aprendizagem significativa? Para aprender a sistematizar tais elementos, podemos consultar manuais de metodologias ou especialistas na área.

Uma observação para concluir...
Ao relacionar algumas habilidades necessárias para elaborar um plano de aula, podemos ter deixado outras de lado, também essenciais. Conto, portanto, com a colaboração dos leitores, deixando dicas no link de comentários, logo abaixo ou no link de contatos, na coluna à esquerda.

[1] Demo utiliza o conceito de reconstrução "(...) indicando que aprendemos do que já tínhamos aprendido, conhecemos a partir do que já sabíamos, como todo processo hermeneuticamente plantado. Mesmo havendo sempre componentes reprodutivos, obtidos por imitação, prevalece sua reconstrução, no sentido preciso de que somos seres incapazes de copiar o comportamento.(...) A aprendizagem representa, por isso, algo naturalmente criativo e crítico, porque não repete na situação B o que havia na situação A. Ao contrário, agrega qualidades que não eram presentes antes, de maneira tipicamente não linear. A mente humana não armazena propriamente dados e informações, mas os reprocessa, reconstrói, redimensiona, revelando sempre a atividade de sujeito capaz de interpretação própria".
[2] Para Demo Saber pensar "(...) É saber reconhecer rapidamente as relevâncias do cenário e tirar conclusões úteis, ver longe para além das aparências, perceber a greta das coisas, inferir texto inteiro de simples palavra, porque a bom entendedor, uma palavra basta (...) É aprender a lógica das coisas (...) Será preciso relacionar umas às outras, dentro de mapa com sentido, para que se possa começar de algum lugar e ir chegando a bom termo, peça por peça".

Referências
APRENDE BRASIL. Plano de aula, por que elaborar um? Aprende Brasil. out/Nov. 2008.
DEMO, Pedro. Saber pensar. São Paulo: Cortez: Instituto Paulo Freire, 2000.

7 comentários:

Silvano Sulzart disse...

Gostei do texto muito bom. Precisamos mesmo trocar informações dete nivel.

Francisco Sales da Cunha Neto disse...

Olá Silvano....Que bom poder colaborar... Temos nos empenhado nesse sentido, agora refletindo sobre planejamento em seus vários níveis. Agradecemos sua apreciação... De fato a troca entre nós pode enriquecer...Abraços!

Anônimo disse...

gostei da postagem, pois, pude perceber o quano é importante deter de algumas habilidades para a construção do mesmo.
O educador deve conhecer a realidade de cada educando, a realidade escolar, o ppp entre outros documentos.
aluna da FACESA Débora Cardoso
professor Francisco Sales Neto

Anônimo disse...

Segundo o texto, concordo quando refer-se, que cabe ao educador conhecer melhor as habilidades, atitude e principalmente aprendizagem do aluno no memento que estiver planejando seu plano aula. É essencial que todo educador tenha acesso ao projeto Politico e Pedagogico, no sentido que possa compreender e desenvolver seu plano de aula. Desenvoltura Metodológica
O educador tem como obrigação,de criar meios e situações que facilite a melhor aprendizado para seus alunos.
É fundamental em um plano de aula,ser desenvolvido suas estruturas com cada um dos seus alementos como: objetivo geral, espercífico, a metodológia, recursos, estratégias de avaliação, porque através destas estruturas é que pode informar o que o educador quer aplicar em sua aula. Rose Sampaio

Anônimo disse...

Visto que todo professor para planejar precisa vivenciar e desenvolver suas habilidades em sala,construindo e buscando cada vez mais novas aprendizagem para se trabalhar com os alunos.
Rosineide Ferreira,turma 8.

Anônimo disse...

Gostei muito, quando você fala de como o educador deve conhecer melhor as suas habilidades, atitudes e principalmente que o educador tem que ter conhecimento da realidade escolar do grupo para o que seria planejar uma aula e as dicas que deu sobre a elaboração de um plano de aula, como é fundamental em um plano de aula que deve ser desenvolvido com uma estrutura mostrando os seus elementos.
Tânia turma 08 Facesa

Anônimo disse...

O texto sugere ao educador sutilmente refletir sobre o plano aula, de maneira interdisciplinar, onde todas informações devem estar interligadas entre teóricos, conhecimento prévio, organização, estruturação, entre outros.

Rosanna Cajango aluna 6º semestre de Pedagogia (FACESA)

AS PLANTAS CURAM!

AS PLANTAS CURAM!
Clique na imagem e saiba como.

Adquira o meu livro sobre o Liceu do Ceará

Quer apoiar nossas publicações? Doe o que puder!