segunda-feira, 12 de abril de 2010

Textos para sensibilização de Dom Antônio de Almeida Lustosa

Quando realizava pesquisa para o trabalho de conclusão de curso no Mestrado em Educação, um intelectual brasileiro depertou o meu interesse por conta de sua significativa atuação em Fortaleza, especialmente no atendimento a pessoas carentes durante os anos de 1940 a 1960. Outro aspecto sensibilizador foi sua vasta produção escrita em gêneros textuais diversos, tais como: poesias, contos, crônicas, cartas e músicas.
Sabendo que muitos educadores gostam de utilizar em seus encontros (aulas, cursos de formação inicial e continuadas, por exemplo) textos que provoquem reflexões coletivas, resolvemos divulgar uma seleção de textos que, mesmo sendo escritos noutro momento de nossa história, podem colaborar com este fim.

Um bom exemplo é o texto "A lagartixa", que reproduzimos logo abaixo:

A professora está dando uma aula de português, no terceiro ano primário:


“O diminutivo se forma com o acréscimo de um sufixo, com inho, zinho, zito etc. Por exemplo: rapaz, rapazito, ou rapazinho, ou rapazelho, ou rapagote... pedra, pedrinha ou pedrita... casa, casinha ou casita ou casebre...mala, malinha, malazinha, malêta... Há porém, palavras que tem posto menor: Exemplos: Homem - menino; boi - bezerro; galo – pinto; pombo – borracho; árvore – arbusto; rio – regato; vara – virgula; cabeça – capítulo; telha – tecla; roda – rótula, rolha... Entenderam bem? Quem é capaz de dar outro exemplo de diminutivo formado sem sufixo?

- Eu – disse João – Faca – canivete...

- Muito bem. Quem mais sabe dar algum exemplo?

- Eu – disse Pedro – Rato - camondongo...

- Muito bem. Realmente camondondo ou catita, é um rato pequeno.

- E mais ninguém sabe demonstrar com algum exemplo que entendeu bem?

- Eu sei – diz Zelito, o menor da aula, um petiz de oito anos apenas.

- Diga Zelito.

- Jacaré...

- E qual o diminutivo?

- Lagartixa.

(Gargalhada geral)

(Dom Antônio de Almeida Lustosa - do livro "No mundo infantil").


O que achou do texto? Será possível utilizá-lo no planejamento de uma aula, visando introduzir o estudo de algum tema? Pensei que poderíamos, por exemplo, utilizar este texto numa aula de ciências, articulando conteúdos conceituais e atitudinais.
Acesse os textos de Lustosa, clicando aqui.
Deseja conhecer Lustosa? Clique aqui

0 comentários:

AS PLANTAS CURAM!

AS PLANTAS CURAM!
Clique na imagem e saiba como.

Aprenda a vender pelo Facebook. Clique na imagem e saiba mais.

Aprenda a vender pelo Facebook. Clique na imagem e saiba mais.
Os módulos abordados abrangem desde introduções ao Marketing Digital até a demonstração de que fazer parte do Facebook

Adquira o meu livro sobre o Liceu do Ceará

Quer apoiar nossas publicações? Doe o que puder!