Participe!

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Algumas ideias sobre weblogs

Weblogs, mais conhecidos como blogs, são ambientes nos quais podemos editar e publicar quando conectados à rede de computadores, sem necessariamente termos domínio de conhecimentos técnicos especializados, linguagem HTML, por exemplo. Os mesmos dispõem de ferramentas para facilitar a publicação de postagens, geralmente gratuitas.

De acordo com Gutierrez (2003, p. 4) os primeiros weblogs eram um conjunto de links e comentários postados segundo os interesses de seus editores e nem se chamavam weblog, termo que só foi criado por Jorn Barger, em 1997.

A origem dos blogs coincide com o nascimento da rede mundial de computadores, mas, como fenômeno específico, é recente. Nasceram do hábito de alguns internautas de logar (entrar, conectar ou gravar) à web, fazer anotações, transcrever, comentar os caminhos percorridos pelos espaços virtuais. Por essa razão, são considerados como diários virtuais, onde podem ser registrados assuntos de interesse pessoal.

Além das postagens (breves textos), os blogs podem conter textos, hiperlinks, gráficos, imagens, vídeos, áudios, ferramentas de estatísticas de acesso, dentre outros recursos.

Os blogs são dinâmicos, disponibilizando todo o conteúdo mais recente na primeira página sob a forma de breves textos, também chamados de postagens. Neles há poucas subdivisões internas, tais como: links para os espaços que arquivam conteúdo mais antigo, páginas que descrevem o site e seu autor e algumas páginas cujos conteúdos são pensados pelos autores dos blogs.

Nos blogs, a interação é importante, isto é, não basta que o blogueiro (autor do blog) postem seus textos e os freqüentadores leiam e copiem os mesmos. É preciso também que os leitores façam comentários. É aí que acontece a discussão e a troca de idéias, favorecendo a aprendizagem colaborativa. Nesse sentido, afirma Peres (2010, p. 10) que “(...) os blogs apresentam-se como um espaço público de discussão sobre qualquer tema de estudo, propício para promover as relações interpessoais, diagnosticar preferências, fomentar a comunicação digital e confrontar posições”.

A cada dia cresce o número de blogs. Hoje eles estão sendo criados e usados por diferentes pessoas, para vários fins. Conforme Peres (2010), há blogs de autoria individual e coletiva, criados para registrar opiniões, para representar grupos, associações, compartilhar idéias projetos educacionais, dentre outros, firmando-se como ambientes de socialização e construção de conhecimento em rede.

A facilidade e a flexibilidade com que os blogs se apresentam colaboram com a sua crescente utilização em termos nacionais e internacionais. Estados Unidos, Inglaterra, Canadá e Espanha são países que se destacam no uso dos blogs como ambientes de aprendizagem. No Brasil, os blogs cresceram primeiramente em meio aos jovens, na forma de diários pessoais e temáticos. Logo depois despertaram o interesse do pessoal da comunicação, das profissões ligadas à informática, escritores, educadores e pesquisadores.

Tornar-se blogueiro é tarefa fácil para quem é curioso. Na internet há uma série de sites e blogs com tutoriais em texto ou vídeo que orientam a criação de blogs, a inserção de recursos de interação nos mesmos, estratégias para estimular o acesso ao blog, dentre outros.

E aí?!... Aceita do desafio?!

Referência
GUTIERREZ, Suzana de Souza. O Fenômeno dos Weblogs: as possibilidades trazidas por uma tecnologia de publicação na Internet. Disponível em < http://www.seer.ufrgs.br/index.php/InfEducTeoriaPratica/article/view/4958/2933 >. Acesso em 18 Jul. 2010.

PERES, Paula. Edublogs como mediadores de Processos Educativos. Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto. Porto/Portugal. Disponível em: < http://prisma.cetac.up.pt/artigospdf/11_paula_peres_prisma.pdf>. Acesso em 20 Jul. 2010.


Para saber mais

O que é e onde criar blogs:

Dicas para blogs/ Tutoriais:

Sugestão de blogs interessantes

 
Vídeos
Como criar um blog no blogspot
Como criar um blog original e relevante

0 comentários:

AS PLANTAS CURAM!

AS PLANTAS CURAM!
Clique na imagem e saiba como.

Adquira o meu livro sobre o Liceu do Ceará

Quer apoiar nossas publicações? Doe o que puder!