sábado, 1 de outubro de 2011

Nunca

Certo dia, estando no Farol da Barra, em Salvador - BA, comecei a fotografar o sol poente, procurando registrar sempre na mesma direção. Quando apreciei as fotos, notei que em questão de segundos o mesmo cenário mudava por conta do movimento da natureza e das pessoas. Havia aí também o meu movimento, como aquele que registrava e que selecionava com a máquina digital diversos momentos numa mesma paisagem. A experiência foi tão interessante que acabei criando a poesia que agora compartilho com os leitores do Ateliê de Educadores.








 


 
 

1 comentários:

Espaço do Saber disse...

Boa noite, Francisco,

Simplesmente, linda!
Belíssimas considerações perante este pôr do sol maravilhoso, nesta terra maravilhosa cujo beleza se revela nesta terra maravilhosa em lugar encantado, um verdadeiro paraíso com apenas cinco letrinhas: Bahia...

Parabéns, pelas fotos e poesia.

Um abraço.

AS PLANTAS CURAM!

AS PLANTAS CURAM!
Clique na imagem e saiba como.

Aprenda a vender pelo Facebook. Clique na imagem e saiba mais.

Aprenda a vender pelo Facebook. Clique na imagem e saiba mais.
Os módulos abordados abrangem desde introduções ao Marketing Digital até a demonstração de que fazer parte do Facebook

Adquira o meu livro sobre o Liceu do Ceará

Quer apoiar nossas publicações? Doe o que puder!