terça-feira, 15 de novembro de 2011

Seminário Manuel Querino

 Recomendo participação no Seminário Manuel Querino, intelectual negro baiano. O seminário é tudo de bom e a programação deste ano está excelente... Uma boa oportunidade para conhecer um pouco mais de nossa história. Aproveito a oportunidade para parabenizar Jaime Nascimento e o Instituto Geográfico e Histórico da Bahia pela relevante iniciativa!


segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Na Livraria Cultura - Salvador...

A FACESA NA LIVRARIA CULTURA... AGENDE-SE!
No dia 25 de novembro a Faculdade Evangélica de Salvador (FACESA) estará refletindo com educadores, estudantes e gestores em educação e música a respeito da importância do ensino de música na educação básica. Este evento é uma das iniciativas para a divulgação do VII EEDUFACESA.
A referida reflexão acontecerá por meio de Mesa redonda e contará com apresentação musical.

Local: Livraria Cultura - Salvador Shopping
Horário: 18 às 20 horas.
Aguardamos todos você por lá!

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

O uso das tecnologias inteligentes na educação matemática

Pensando em oportunizar um ambiente em que o estudante possa ter acesso a experiências significativas em educação matemática com a mediação da tecnologia, o educador William Santos criou o Reforço Virtual de Matemática (RVM). O RVM é um site destinado a estudantes com dificuldades de aprendizagem em Matemática e para aqueles que estão precisando de um suporte na disciplina. Neste site, disponibiliza vários aplicativos, vídeo-aulas, materiais virtuais e outros utilitários que potencializam o ensino da Matemática. Além disso, no site o estudante pode tirar suas dúvidas pelo chat ou até mesmo fazer aulas particulares virtuais por meio de webconferência com suporte de áudio, vídeo e chat.
De acordo com William Santos, o estudante de ensino fundamental, médio e superior, que está estudando para o vestibular ou para concursos, pode encontrar um suporte especializado nesse site.

William Santos é Licenciado em Matemática, especialista em metodologia do ensino da Matemática. Trabalhou no desenvolvimento de aulas multimídia do Programa de educação e tecnologias inteligentes (PETI), da prefeitura de Salvador - BA. Atualmente é professor assistente nas unidades do Colégio Sarte, ensino fundamental II ao pré-vestibular, professor do Colégio Evangélico de Salvador, assistente administrativo da prefeitura municipal de Salvador e docente em cursos de especialização em matemática.
O educador, gentilmente compartilha com os leitores do Ateliê de educadores um pouco de sua reflexão sobre a educação matemática e as tecnologias.
De acordo com Lorenzato e Fiorentine (2001) podemos conceituar a Educação Matemática como sendo uma interseção de vários campos científicos, tais como: Matemática, Psicologia, Pedagogia, Sociologia, Epistemologia e Ciências cognitivas.
A Educação Matemática no Brasil teve início entre o final dos anos 1970 e início dos anos 1980, com o surgimento da Sociedade Brasileira de Educação matemática (SBEM). O seu objetivo está buscar uma melhor relação entre o conhecimento matemático, seu ensino e sua aprendizagem, visando a melhoria na qualidade do processo de ensino e aprendizagem da Matemática, perpassando pela prática de ensino do educador e pela reflexão deste sobre suas próprias práticas.
Das tendências temáticas e metodológicas sinalizadas por Kilpatrick (1994), a que mais me chama atenção é o emprego de tecnologias no ensino da Matemática. Na contemporaneidade, a sociedade é cada vez mais comandada pelo acesso a informação e as tecnologias inteligentes tem consolidado essa vida mais dinâmica e veloz na busca por informações.
A educação como elemento desta sociedade tem se incluído no contexto do uso das tecnologias. Levy (2000) sinaliza que devemos compreender o complexo entorno humano que é potencializado pela tecnologia, reforçando a ideia da necessidade de trabalharmos, na escola, sem sectarismos e sem medo de nos envolvermos neste processo.
Com relação ao ensino de Matemática, o uso das tecnologias tem propiciado novas alternativas quanto ao processo de ensino e aprendizagem. As tecnologias tem potencializado o ensino que acontece dentro de sala de aula, possibilitando ao estudante realizar experiências que, muitas vezes, não são possíveis devido ao caráter abstrato de muitos assuntos matemáticos.

Referências

KILPATRICK, J. Investigación en Educación Matematica: Su Historia y Alguns Temas de Actualidad. In Kilpatrick, Rico & Gómez. Educación Matematica. México: Grupo Editorial Iberoamerica, 1994.

LEVY, Pierre. O Fogo libertador. São Paulo: Iluminuras, 2000.
LORENZATO, S.; FIORENTINI, D. O profissional em Educação Matemática. Disponível em: <http://www.unisanta.br/teiadosaber/apostila/matematica/
O_profissional_em_Educacao_Matematica-Erica2108.pdf>. Acesso em 02 Nov. 2011. 

Conheça o RVM:

Saiba mais sobre educação matemática:

AS PLANTAS CURAM!

AS PLANTAS CURAM!
Clique na imagem e saiba como.

Aprenda a vender pelo Facebook. Clique na imagem e saiba mais.

Aprenda a vender pelo Facebook. Clique na imagem e saiba mais.
Os módulos abordados abrangem desde introduções ao Marketing Digital até a demonstração de que fazer parte do Facebook

Adquira o meu livro sobre o Liceu do Ceará

Quer apoiar nossas publicações? Doe o que puder!