Participe!

terça-feira, 22 de março de 2016

Economia Solidária: uma ousadia necessária!




Em tempos de crise econômica e desemprego, reunir pessoas e compartilhar projetos é uma iniciativa que pode produzir bons frutos.
Alguns têm o desejo de ter um negócio próprio e muitas vezes o único recurso que dispõe é a sua força de trabalho.
Na economia solidária pessoas estudam, planejam, administram e executam em colaboração, solidariamente. Também dividem responsabilidades e ganhos.
Numa sociedade marcada por uma tradição em que a hierarquia é uma concepção e uma prática, isto é, onde uns comandam e muitos obedecem, torna-se mais “cômodo” a opção pelo emprego fixo, em detrimento do empreendedorismo.
O emprego fixo é preferido porque o trabalhador sabe que no final do mês terá pelo menos um salário. Pelo empreendedorismo terá que realizar investimentos e considerar um tempo de retorno. Nesse sentido, empreender significa correr riscos, mas ao mesmo tempo, construir novas oportunidades.
Podemos decidir por organizar um negócio próprio, mas há também a possibilidade de compartilhar projetos e competências e criar parcerias, vivenciando o empreendedorismo solidário.

Ousar é preciso e tornar-se empreendedor em colaboração com outros é dupla ousadia: 1. A coragem de empreender; 2. A convicção de que é possível dialogar e criar oportunidades de geração de renda.

0 comentários:

AS PLANTAS CURAM!

AS PLANTAS CURAM!
Clique na imagem e saiba como.

Adquira o meu livro sobre o Liceu do Ceará

Quer apoiar nossas publicações? Doe o que puder!