domingo, 23 de março de 2014

Colocando a vida nos trilhos – A vida tem um sentido


Há mais ou menos dois anos um amigo me falou sobre a necessidade de termos bem claro o real sentido da vida. De lá para cá, diante de tantos desafios que tenho enfrentado, não paro de pensar nesse assunto. Por isso, busquei leituras, fiz os primeiros esboços de um projeto de vida e a pergunta “O que dá sentido à minha vida?” não sai do meu pensamento.
Amante do planejamento, estou convencido de que é preciso projetar, traçar metas e pensar nos meios para atingi-las: “o caminho se faz ao caminhar”.
Compartilho com vocês algumas frases que considerei inspiradoras para quem deseja iniciar essa caminhada na reflexão e sistematização de seu projeto de vida. Algumas delas foram citadas em edições deste ano (2014) da revista “Vida simples”:
“Nos ombros do homem está a responsabilidade por seu destino”. (Kierkegaard)
 
"Somos convidados a prestar mais e mais atenção em nossa vida. E a (re)vivê-la, logo". (Viviane Zandonadi)
“Prefiro as pessoas que se perguntam sobre o sentido da vida do que as que se propõem a resposta. Estamos todos nesta mesma bola, girando o universo. A graça está no mistério.Se soubéssemos as respostas, a vida seria tediosa.” (Siri Liniers)

“A vida nem tem sentido nem é sem sentido. A questão é irrelevante. A vida é simplesmente uma oportunidade, uma abertura. Depende do que você faz dela. Depende de que sentido, que cor, que canção, que poesia, que dança você dá à vida.” (Osho)
“Consulta não os seus medos, mas as suas esperanças e os seus sonhos. Pensa não nas suas frustrações, mas nas suas potencialidades ainda não exploradas. Preocupe-se não com o que você tentou e falhou mas com o que ainda é possível fazer.” (João XXIII)
“A coragem do recomeço é proveniente do autoconhecimento. Não é uma coragem louca e inconseqüente. Nesse sentido, recomeçar, sendo honesto consigo, é menos desgastante do que ficar o tempo todo tentando ser quem esperam que a gente seja.” (David Baker
 
"Temos um mundo interno, subjetivo, marcado pelo desejo. Mas há o mundo externo, com suas demandas. Se a vida ficar à mercê de apenas um deles, será prejudicada, ou pelo narcisismo ou pela submissão aos outros". (Roberto Girola) - O sentido da vida é comparado a um alinhamento dos mundos interno e externo, em torno de um eixo. 
 
“É o eixo onde organizamos nossa ética e estética, ou seja, os valores e a maneira de ver a vida. Esse alinhamento confere uma dimensão sagrada à existência.” (Roberto Girola)

 
Passos para movimentar a vida no sentido da autenticidade (David Baker):
 
"+ Identificar e dizer adeus para objetivos, hábitos, atividades e relações que não fazem mais sentido = fechar ciclos, assimilar o fim, a perda ou a separação do que já não nos serve. (Uma vez arejada, a vida abre espaço para o novo... a criatividade só flui quando há espaço - interno e físico - em nossa vida); 
+ Identificar e atribuir valor ao que é importante (Exercício de autoconhecimento: oque faz você se sentir realmente vivo? = observar valores, hábitos e atividade que nos definem = listar sete experiências que façam você se sentir vivo;
 
+ Pensar em cada um dos tópicos (experiências) e desenhar ao lado objetos, imagens ou situações que os representem. Em seguida, mostrar os desenhos para quem estiver ao lado e buscar palavras para descrevê-los e explicá-los. (Exercício para enxergar o que é importante na vida)”.
 "(...) O melhor é olhar para dentro e desfazer-se aos poucos e com cuidado daquilo que não precisamos, abrindo espaço para o novo de um jeito mais tranqüilo e usando as experiências a nosso favor". (David Baker)

Para concluir, algumas conclusões a respeito:
+ É preciso perdoar a si mesmo e aos outros para não ficar preso ao passado. Para a vida continuar é preciso fechar ciclos.
+ O sentido da vida não está em resolver problemas. Guiemo-nos por nossos sonhos.
+ Devemos reafirmar nossos valores a partir de uma postura filosófica. Uma leitura ingênua da realidade não constrói bases para a transformação da vida.
+ Recomeçar... refazer projetos... é indispensável... sempre!
+ Não conseguiremos levar a vida sozinhos. Devemos admitir que precisaremos do auxílio de nossos amigos, irmãos, pais e, mais do que nunca, de Deus.
 

1 comentários:

Rérida Maria disse...

Olá!
Vim comunicar que o meu blog foi hackeado, tive que excluí-lo, aqui está o end. do novo blog: reridamaria2.blogspot.com
te espero lá!